voltar há 3 meses atrás | 669 leituras

2 are better than 1

Começaram a aparecer em 2016 e prometem ser uma das maiores tendências de 2017.

Os smartphones com dupla câmara traseira foram chegando, quase sem repararmos, mas foram as gigantes dos gadgets que marcaram com esta inovação.

Da Apple à Huawei, apresentamos quatro "smartphones fotográficos" que prometem fazer qualquer amante da fotografia apaixonar-se.

 

 

Smartphone HUAWEI P10 e P10 Plus

Chegaram ao mercado há cerca de uma semana e são já bastante aclamados. Pelo design elegante. Pelo, esperado, bom desempenho proporcionado pelo processador Kirin 960, Octa-Core com velocidade de 2.3 GHz, desenvolvido pela própria Huawei. Mas, principalmente, pela dupla câmara traseira.

Resultado da parceira entre a chinesa Huawei e a alemã Leica – fabricante prestigiada de câmaras e lentes fotográficas – a câmara principal destes smartphones apresenta uma lente dupla, que facilita a captação de luz, tal como os anteriores P9 e Mate 9. Além disso, estes dois novos modelos da gama P possuem duplo sensor que permite que as imagens recolhidas com os Huawei P10 e P10 Plus tenham mais luz, mesmo em condições de luminosidade reduzida, e ofereçam uma qualidade superior, uma vez que a luz é um elemento fulcral na hora de fotografar.

A relação de zoom e detalhe de imagem desta dupla lente é ainda melhor que os seus antecessores e nem mesmo a distância parece ser um impedimento para capturar imagens de qualidade, com os 20 e os 12 megapíxeis de resolução das suas lentes Leica.

E, desta vez, nem a câmara frontal “escapou” e também sofreu alterações: além de ser também ela uma Leica, foi completamente otimizada para selfies.

Para tornar estes smartphones ainda mais interessantes, o P10 apresenta um ecrã IPS NEO FULL HD de 5.1 polegadas, enquanto o P10 Plus chega com um IPS NOE Quad HD de 5.5  polegadas.

E, para ocupar com as melhores capturas em qualidade 4K, o P10 possui 4 GB de memória RAM e 64 GB de memória interna e o P10 Plus apresenta uma memória RAM de 6 GB e 128 GB de memória interna.

A Huawei tem vindo a apresentar exemplares de qualidade e estes dois novos modelos da gama P são, sem dúvida, a extensão do sucesso que a marca tem alcançado.

 

 

 

Smartphone LG G5

Este smartphone modular da LG possui uma câmara de 16 megapíxeis e outra, imediatamente ao lado, com 8 megapíxeis. A diferença entre ambas reside no ângulo de captura de cada uma, sendo que a primeira oferece um ângulo comum, de 78 graus, enquanto a segundo captura imagens a 135 graus.

O resultado? Fotografias completamente diferentes: a câmara de 16 megapíxeis capta imagens com um enquadramento normal. Já a câmara de 8 megapíxeis, que possui a lente grande angular, consegue captar muitos mais elementos do ambiente. Uma grande vantagem para quem gosta de fotografar paisagens ou arquitetura, deixando de ser necessário recorrer ao modo panorâmico ou a algum acessório externo.

Fica, então, claro que as duas câmaras operam de forma independente, havendo a opção de escolher na aplicação da câmara qual das lentes se deseja utilizar.

 

 

 

Smartphone APPLE iPhone 7 Plus

A fotografia móvel é um dos aspetos mais revolucionários da era smart e, assim, a Apple não poderia desapontar os seus fãs, voltando a primar pela excelência da câmara no seu último modelo de smartphone.

O iPhone 7 Plus, ao invés de apenas uma lente e um sensor, tem dois de cada, uma grande angular de 28 milímetros e uma lente teleobjetiva de 56 milímetros, que trabalham em simultâneo. Funcionam como uma mistura de imagens captadas pelas duas lentes, tornando possível que o dispositivo crie zoom ótico, permitindo que o utilizador faça duas vezes mais aproximações sem qualquer distorção.

Além disso, existe maior qualidade na captação de luz, pois as aberturas das duas lentes permitem que seja interpretada mais luminosidade pelos sensores e, com isto, o iPhone 7 Plus torna-se uma opção mais completa na captura de imagem em ambientes escuros.

 

 

 

Smartphone HUAWEI Mate 9

A Huawei é uma das gigantes tecnológicas chinesas com maior prestígio a nível mundial e ao longo dos anos tem vindo a cimentar esta posição, muito devido às grandes novidades que apresenta, sendo uma delas as duplas câmaras traseiras.

O Huawei Mate 9 traz uma câmara dupla com um sensor RGB de 12 megapíxeis e um sensor monocromático de 20 megapíxeis, desenvolvidos com o apoio da famosa marca de fotografia, Leica, e promete 50% mais de detalhe e duas vezes mais zoom ótico. Ambas as câmaras funcionam em simultâneo cada vez que se procede a uma captura e as duas imagens são, em seguida, combinadas num única.

A primeira câmara capta imagens com cores realísticas, enquanto a outra otimiza os algoritmos de fusão da imagem que trabalham em conjunto de modo a produzir imagens magníficas.

Ambas as lentes permitem a captura de imagens com cores, tons e luminosidade verdadeiramente icónicas e com um “olhar Leica”.

 

 

 

Capturar a dobrar

Apesar de ser uma tecnologia ainda pouco explorada, esta é uma tendência que tem vindo a ganhar cada vez mais fãs.

E, em 2017, são já várias as fabricantes tecnológicas que consideram disponibilizar câmaras duplas nas suas próximas gamas de smartphones.

DESEJA APAGAR ESTE POST? SIM NÃO