voltar há 2 meses atrás | 5550 leituras

As 5 novidades mais escaldantes da CES 2017

Ao fim de 50 anos, Las Vegas continua a ser o “meeting point” da inovação.

Ano após ano, a CES – Consumer Electronics Show – tem sido a plataforma de lançamento de novas inovações e tecnologias que mudam o Mundo e onde são introduzidas no mercado as novidades da próxima geração.

E, como já é habitual, este ano não foi exceção e as novidades são “Whoa”, que é como quem diz, de deixar qualquer um de boca aberta, principalmente para os que prosperam no negócio da tecnologia de consumo.

A CES trouxe o que haverá de novo em 2017.

A Magazine traz as cinco novidades mais escaldantes de um ano que se avizinha bastante quente no mundo da tecnologia.

 

 

GeForce Now

 

De forma a deixar a sua marca nos 50 anos da CES, a NVIDIA apresentou uma das novidades que prometem ser mais revolucionárias no Gaming.

Para aqueles que gostam de jogar, mas que não podem investir numa placa gráfica mais potente ou, simplesmente, não querem, a GeForce Now pode ser a solução ideal.

Jogar por streaming. A ideia não é nova e, hoje em dia, a maior parte dos serviços online que usufruímos, como o Netflix ou o Spotify, são transmitidos por streaming.

A GeForce Now é uma plataforma que opera como qualquer outro serviço do género e em que, com o registo de utilizador, é atribuído acesso a duas potentes placas gráficas, localizadas em data centers da empresa, que correm os jogos.

Assim, são disponibilizadas gratuitamente, 8 ou 4 horas de utilização com as placas gráficas GTX 1060 e GTX 1080, respetivamente, e por apenas 25 dólares pode escolher-se entre 20 horas de jogo com a GTX 1060 ou 10 horas com a poderosa GTX 1080.

Até então, ainda não era viável jogar deste modo, mas a NVIDIA passou do conceito à prática, tornando possível o jogo por streaming através da simples subscrição da inovadora GeForce Now.

 

Samsung Chromebook Plus

Cada vez mais atento às necessidades de estudantes, empresas e utilizadores mais domésticos, o sistema operativo Chrome, da Google, encontrou, agora, o hardware de ponta, o design e o preço que muitos procuravam.

Se é fã da gigante coreana Samsung, vai ficar agradado, pois este promete ser o casamento mais perfeito de 2017.

Com 8 horas de autonomia, ecrã touch de 12,3 polegadas e resolução de 2400 por 1600 pixéis, este híbrido, da família Chromebook, é o retorno, em grande, da Samsung. Com pouco mais de 2 quilos, slot micro SD, 4 gigas de memória RAM e 32 gigas de armazenamento interno, este chega com uma novidade: a S Pen.

Esta caneta dá ao usuário a capacidade de colocar as palmas das mãos contra o ecrã e escrever, desenhar ou fazer esboços, oferecendo uma experiência escrita substancialmente melhor e mais natural.

E, melhor ainda, o Samsung Chromebook Pro chega com aplicações Android, ainda antes de qualquer outro modelo Chromebook existente ter acesso a esta funcionalidade.

Se lhe parece bem, não se deixe impressionar já, pois esta aliança entre as duas gigantes tecnológicas, não se fica por aqui. Mais para o final de 2017 está já planeado um outro lançamento, o do Samsung Chromebook Pro.

 

LG SIGNATURE OLED TV W

Excelência. Esta é a melhor palavra para caracterizar o mais recente lançamento da LG.

A Signature OLED TV da série W é a combinação perfeita entre qualidade de imagem e magreza dramática.

A tecnologia OLED, cada vez mais refinada, chega na sua versão melhorada e com um acabamento ainda mais natural.

O painel, com menos de 3 milímetros de espessura, de tão delgado, consegue-se dobrar se o puxar por um dos cantos do aparelho, permitindo a colocação da Signature OLED TV em paredes ou tetos curvos, fixa apenas por ímanes.

As cores e contrastes são inacreditáveis, aliadas ao 4K e ao HDR ativo, que analisa e otimiza o conteúdo, cena a cena, para que seja possível ter uma experiência HDR impressionante e de tirar o fôlego. Além de suportar o novo HLG-HDR, que garante compatibilidade com a maioria dos conteúdos HDR de streaming.

A Signature OLED TV será inevitável e dolorosamente cara, mas a sua tecnologia e o seu design de excelência, aqui premiados, compensam.

 

Hyundai H-MEX Exoskeleton

A Hyundai levou à CES 2017 um protótipo de mudança e esperança para todos os que têm incapacidade locomotora reduzida ou total.

O H-MEX Exoskeleton foi projetado para trazer alento a todas as pessoas que deixaram de andar e se encontram confinadas a uma cadeira de rodas ou a uma cama, tendo como principal objetivo fazer paraplégicos voltar a caminhar pelos seus próprios pés – ainda que apoiados por uma estrutura com tiras e correntes, umas muletas e, claro, motores.

Em teoria, andar com a assistência H-MEX é simples. Este exosqueleto mecânico responde aos comandos enviados a partir de um conjunto de botões, localizados na muleta esquerda.

Primeiro, o utilizador deve inclinar-se, de modo a que o seu peso esteja em apenas um dos membros inferiores. Depois, ao apertar o botão desejado, a perna escolhida será levantada, o joelho dobrado e, de seguida, avançará. O equilíbrio, aqui, é providenciado pelo par de muletas, que acabam por ser o maior suporte deste esqueleto robô.

A Hyundai encontra-se em processo de oficialização e certificação oficial do produto como dispositivo médico, em países como a Coreia do Sul e os Estados Unidos da América, para que possa iniciar demonstrações com potenciais usuários nos próximos anos.

 

BMW i Inside Future Concept com interface HoloActive Touch

 

Nesta edição da CES o que não faltou foram carros autónomos.

Foram várias as marcas de motores que aproveitaram a convenção tecnológica para apresentar protótipos de carros e motas do futuro.

Entre a Audi, a Toyota ou a Honda, a BMW destacou-se levando uma direção diferente de qualquer outra, com o seu conceito i Inside Future, uma conceção inundada de futurismo e, talvez até, pouco realista, muito pouco a ver com a tecnologia que se pensa atingir para os carros autónomos.

O design interior, quase utópico, desta “escultura” – como a marca lhe tem chamado – é muito próximo daquilo que imaginamos quando pensamos num carro totalmente autónomo do futuro.

Por enquanto, o i Inside Future ainda não tem exterior e é apenas o protótipo de um layout interior e do sistema HoloActive Touch da BMW, que servirá de interface para os passageiros deste tipo de carro e, segundo a própria marca, só reúne vantagens: desde o BMW Head-Up Display, ao controlo por gestos da marca e à funcionalidade intuitiva do ecrã tátil, junta-se tecnologia revolucionária.

Além de que o BMW i Inside Future terá, em abundância, pontos de conexão para os atuais dispositivos inteligentes que nos rodeiam.

Não se deixe levar por este sentido estético, que pode parecer ultrapassado. O esquema de cores, que não foge muito aos beges, dá ao i Inside Future um design agradavelmente retrofuturista.

 

 

De olhos postos na inovação

Após 50 anos de existência a CES continua a ser a porta para a entrada de novas tecnologias e inovações revolucionárias no mercado.

Mais uma vez, aqui foram, não só, apresentados produtos já conhecidos e pelos quais se aguarda, mas também surgiram conceitos que só serão lançados no mercado daqui a alguns anos.

Comentários

0 COMENTÁRIOS
Retrato de Anónimo
DESEJA APAGAR ESTE POST? SIM NÃO