voltar há 1 semana atrás | 105 leituras

Instituto de Defesa Nacional volta a ser hackeado

A Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T) da Polícia Judiciária deteve, ontem, dia 15, um menor de 16 anos no seguimento da operação Caretos.

Hoje, fonte do Ministério da Defesa revelou que o Instituto de Defesa Nacional (IDN) foi vítima de um ataque hacker. Em declarações à gência Lusa, indicou, ainda, que as invasões ocorreram em dois momentos distintos – uma no final do mês de fevereiro e outra no início do corrente mês de março – tendo sido atingidos dois computadores do IDN.

Estes foram os dois primeiros ataques hackers registados em 2017 pelo Ministério da Defesa Nacional, tal como em 2016, que foram registados dois ataques, também no IDN, relatados como “incidentes sem consequências” pelo ministério.

Comentários

0 COMENTÁRIOS
Retrato de Anónimo
DESEJA APAGAR ESTE POST? SIM NÃO